13 de agosto de 2017

Confie em Deus

Oi gente querida! Sabe, muitas vezes devido a essa correria do dia-à-dia esquecemos das graças divinas que estão a nossa disposição. Esquecemos que Deus deixa muitos ajudantes para nos socorrer em momentos de aflição, nos guiar no caminho do amor e nos ajudar nas nossas conquistas diárias.


Muitas vezes passamos por momentos ruins pois esquecemos de pedir ajuda, os espíritos do senhor estão por toda a parte e prontos para ajudar, mas salvo em casos extremos em que corremos perigo de vida eles precisam da nossa permissão para nos auxiliar. E muitas vezes ficamos estagnados pois esquecemos que merecemos esta ajuda ou ficamos com medo de pedir auxilio.

Hoje quero contar ou testemunhar um acontecimento que me fez refletir esta manhã sobre o que acabei de escrever, como Deus com seu infinito amor deixa auxiliadores a nossa disposição a todo o momento! 

Antes de contar meu testemunho gostaria de explicar um pouquinho sobre estes auxiliadores. De acordo com o que ando lendo e de acordo com minha intuição acredito que todos nós possuímos um grupo de auxiliadores espirituais que constantemente estão ao nosso redor, seres estes escolhidos por Deus como os anjos da guarda ou atraídos por nos mesmo como os guias espirituais.

Os anjos como sendo espíritos superiores não possuem ego e logo não nos julgam. Todos nos, acreditando ou não neles possuímos o anjo da guarda ou seja o Espírito Santo que pela misericórdia de Deus nos ajuda a todo o momento independente de nossas qualidades pessoais. Já os guias possuem ego e podem nos julgar, cada pessoa irá atrai-los de acordo com suas qualidades e preferencias pessoais, por ai já podemos ter uma ideia do motivo pelo qual devemos sempre olhar para dentro de nós e tentar a todo o momento melhorarmos como seres humanos e não embarcarmos no medo e na má conduta.

Agora dito isso quero contar um acontecido que ocorreu no meu trabalho a mais ou menos um mês e meio. Certo dia a chefe da minha área tirou duas semanas de férias e deixou um rapaz como chefe. Ao passar dos dias este rapaz começou a tratar o nosso grupo muito mal, gritando com a gente e fazendo coisas estúpidas e grosseiras até que começou a afetar o meu psicológico e emoção. 

Eu já sofri muito com gente desse tipo na época de escola e sempre ficava na minha, mas depois que cresci disse a mim mesmo que nunca mais ninguém iria pisar em mim e hoje em dia às vezes quando alguém começa a me perturbar eu rodo a baiana mas neste caso fiz papel de bobo e aguentei toda a grosseria humildemente como costumava a fazer quando criança.

Mas em um dos dias eu não aguentei tanta grosseria e comecei a orar a Deus por auxilio. Disse a Deus que se fosse coisa da minha cabeça era para limpar mas exclamei bem forte na minha mente que se aquele cara estivesse fazendo aquilo por maldade que ERA PARA FAZER ALGUMA COISA! No mesmo dia, pasmem, esse cara ao trabalhar com o trator se envolveu em um pequeno acidente. Segundo ele, ele viu uma mulher atrás do trator pelo canto do olho e se assustou, ao perder o controle por um breve momento estraçalhou um banco lá dentro da Universal. Este pequeno incidente fez com que ele fosse suspenso na mesma hora por três dias e recebesse um teste para drogas.

No dia do acidente a bolsa de ferramentas dele ficou comigo para que no final do expediente a guardasse. Mais tarde nesse dia precisava de uma ferramenta que eu não tinha e ao olhar na mochila dele encontrei bem escondido dentro dessa ferramenta que eu precisava um copinho com uma coisa...

Sabendo daquilo pedi auxilio a Deus sobre o que fazer, e minha intuição me disse para não contar para ninguém pois se eu contasse eu poderia ser prejudicado e ele iria ser demitido, com sua demissão a família dele (filhos e esposa) iriam passar por um momento difícil. Bom, coloquei a ferramenta de volta na mochila dele e a guardei no armário e não contei pra gerente sobre o que ví. Com isso na cabeça chegando em casa falei para Deus que queria uma confirmação se era para contar ou não sobre o que ví escondido, peguei um péndulo que eu mesmo fiz e a resposta foi NÃO.

Dias se passaram e quinta feira passada descobri que por algum motivo ele foi transferido do meu grupo para um outro grupo e a partir de amanha ele não irá mais trabalhar comigo e hoje a ficha caiu como Deus com o auxilio de meu anjo e da minha fada madrinha me auxiliaram com essa situação e no final tudo ficou bem sem prejudicar a ninguém! 

É com essa e com outras histórias vivenciadas por mim e tenho certeza que por todo mundo, quiz vir hoje aqui para dizer a vocês que confiem em Deus. Não importa o seu problema, confie nele, peça ajuda e ele sempre irá enviar auxiliadores para te ajudar!

2 comentários:

  1. Querido amigo, bom saber que tudo está mais tranquilo pra você agora no seu trabalho. E que belo testemunho que essa experiência te trouxe, não é mesmo? Passado aqueles dias de turbulência, isso tudo só veio para fortalecer a tua fé na ação divina no mundo.
    Sei que ao longo da jornada da vida, todo nós passamos por situações difíceis e que em muitas delas, mal sabemos como realmente proceder. E mesmo para aqueles que navegam pelos oceanos da fé, nem sempre é tão fácil encontrar mares de calmaria. Realmente, acredito eu, quando passamos à procurar por uma vida mais espiritual e por caminhos de mais harmonia e equilíbrio emocional, descobrimos um mundo novo, de muitas possibilidades, segurança e novas esperanças. E como isso faz uma grande diferença em nossas vidas, pois assim, mesmo que passemos por momentos de grandes lutas, sejam elas internas ou externas, haverá com certeza, uma solução.
    Fica com Deus, meu amigo, e que Ele possa sempre te proteger e iluminar os teus caminhos!
    Abraço grande e carinhoso pra ti!!!
    Teresa
    ("Se essa lua fosse minha")

    ResponderExcluir
  2. Que relato hein?!
    Nossa...nada como estar conectado com a fonte, uma vez que ligamos as nossas "anteninhas" aos nossos auxiliares divinos, tudo se encaixa de maneira perfeita.
    Grata por compartilhar sua experiência conosco.
    Beijinhos.

    Flores e Luz.

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário! Thank you for your comment.