5 de agosto de 2016

Um achado inusitado

A alguns dias atrás em meio a trilhas por bosques de floresta temperada no passeio que Tony e eu fizemos a Carolina do Norte tive a oportunidade de ver e fotografar um achado inusitado para mim; uma plantinha pálida como um fantasma escondida debaixo da penumbra de altos e imponentes pinheiros, carvalhos, plátanos e maple trees que certamente passa despercebida a olhares desatentos, mas me fez arregalar os olhos ao avista-lá. Isso pois tinha visto esta planta anteriormente somente em um livro da faculdade de biologia, e ela com sua biologia inusitada soa bem exótica ao meus olhos curiosos.



O nome cientifico desta plantinha é Monotropa uniflora e o nome popular lhe dá uma pitada de excentricidade: planta fantasma!


Em ralação ao modo de nutrição, quase todas as plantas são de vida livre, ou seja: são plantadas na terra sob a luz do sol, regadas e pronto! Mas algumas usam como estilo de vida a simbiose ou mesmo o parasitismo. Nada na vida e nem na biologia é assim tão simples (rs).

Essa danadinha para obter os açúcares que necessita pra viver precisa parasitar uma planta fotossintética, mas por si só não consegue. Logo, a mãe natureza ou biologicamente falando, a evolução, conduziu esta planta a bolar uma maquiavélica estratégia de simbiose. Suas raízes incrustam hifas de fungos micorrízicos que se conectam com as raízes de árvores como se fossem pontes. A partir de agora ela consegue obter os açúcares que precisa da árvore com a ajuda do fungo. A natureza não é mesmo fascinante?

NW Wildflowers
Bom, deixando o espirito de professor biólogo um pouquinho de lado o que tenho a dizer é que amei este passeio pela Carolina do Norte, as redondezas do vilarejo de Blowing Rock apesar de tão diferente me lembrou bastante a minha querida Minas Gerais. Foi como ter um abraço mineiro a acalentar a minha alma. Vocês saberiam me dizer o motivo olhando a imagem abaixo? :)


Ah, as montanhas! ... Apesar da semelhança entre as silhuetas sinuosas destas e as montanhas mineiras, não podemos nos deixar enganar, assim que se passa por passagens encantadas como esta conseguimos perceber que na verdade um espirito totalmente diferente habita este local.


A imagem abaixo na verdade é um video, podem clicar



Esta foi a primeira vez que vi de perto uma floresta de clima temperado, e acredito que por nunca ter visto neve me pegava pensando e tentando processar a informação aqui dentro da minha cabeça de que tudo isso fica debaixo de neve no inverno! É até difícil de acreditar!




Difícil de acreditar ou não é assim que acontece e espero ter a oportunidade de voltar a esta floresta e conhecer os encantos do outono e inverno. Por hora podemos apreciar este espirituoso veranico com coelhinhos saltitando pelo caminho, maças e berries por amadurecer no pé e muitas flores selvagens ou plantadas pelo homem.




Um abraço apertado a todos e na próxima postagem vou contar um pouquinho sobre uma reserva ecológica muito bonita chamada Grandfather Mountain.





Nenhum comentário: