11 de agosto de 2014

As dunas de Itaúnas

Quase nunca viajo, sempre falta-me verdinhas e companhia :/ mas por estes dias fiz uma viagem onde pude conhecer Itaúnas, uma cidadezinha com uma vista encantadora, segui por rotas onde nunca havia passado, e logo quando cheguei quase que na divisa do Espirito Santo com a Bahia sussurrei para mim mesmo, "nossa, nunca fui tão longe".




Itaúnas  é um distrito da cidade de Conceição da Barra no norte do Espirito Santo, é uma vila de pescadores, e é famosa por suas dunas de areia a perder de vista, e por suas festas e badalação em épocas de temporada de verão com pessoas bonitas, fortunadas e altivas!




Logo ao chegar no local pude me deparar com uma cena desconhecida por mim, dunas de areia marinha a perder de vista, dando uma sensação de se estar em um deserto! Logo lembrei-me da postagem de uma blogueira Inglesa que viaja muito, onde em uma de suas postagens teve a oportunidade de conhecer o Marrocos, me senti envolto a uma sensação inédita e muito gostosa, como é bom conhecer novos horizontes!




Itaúnas também abriga uma reserva ecológica, o Parque Estadual de Itaúnas, a região concentra vegetação nativa de mata de tabuleiro, que é um fragmento florestal em extinção do ES, alem de restinga, dunas e mangue, as prais da região de Conceição da Barra são visitadas por tartarugas marinhas em época de desova, e a reserva de Itaúnas serve de refugio para muitos animais e plantas, muitas vezes endêmicas destas regiões. Pode-se até observar em momento e em época de sorte, baleias e golfinhos por sua orla, um paraíso!


Segundo o site do governo do Espirito Santo, o Parque de Itaúnas, "abriga 414 diferentes espécies vegetais, 43 de mamíferos, 183 de aves, 32 de répteis, 29 de anfíbios e 101 de peixes. Além de 23 sítios arqueológicos com assentamentos humanos pré-históricos, com artefatos como pedras lascadas, cerâmica indígena e diversos artefatos da época da colonização". Tudo isso evidencia a importância da unidade, que em 1992 foi tombado pela Unesco como Patrimônio da Humanidade.


Como o parque foi criado somente em 1991, ainda sofre muita influencia antrópica de moradores e turistas, claro que não podemos desconsiderar a subsistência do local, mas é uma situação que deve ser levada com entendimento pelos visitantes e moradores, o local é bem limpo, mas pude observar plásticos de pet em alguns trechos, uma sacola e pedaços de pet podem ser catastróficas se cruzarem com a vida animal.


Por esta tilha me despedi das dunas de Itaúnas com alegria no peito e esperança de um dia pode voltar a admirar este local! As imagens da postagem de hoje dou o credito ao meu amigo Mario Viegas, obrigado meu amigo pelas imagens e oportunidade de conhecer este local inédito e tão singular para mim, nunca vou me esquecer.



3 comentários:

msgteresa disse...

Olá,Fabiano!
Que lindo e mágico post,meu amigo! Estive com minha família na inesquecível,bela e genuína Itaúnas à mais ou menos 13 anos atrás, e nunca me esqueci de suas dunas maravilhosas e altas que chegaram a cobrir a velha cidade. Com certeza, mais uma demonstração da força da natureza frente à fragilidade humana! Lembro que na época, chegamos a ver uma baleia morta na foz de um rio, e também conseguimos até navegar de canoa pelo rio Itaúnas,para nós, uma experiência bem inusitada e cheia de sabor de aventura! Realmente é um lugar muito especial, rico em beleza e vida silvestre...Um magnífico pedacinho desse nosso fascinante litoral brasileiro! E hoje,depois de tantos anos, simplesmente amei rever aquela paisagem tão bela e original...As fotos ficaram mesmo muito lindas!
Meu abraço carinhoso e um domingo e feriado (do Dia do professor! Parabéns!!!!) repleto de tranquilidade e alegrias pra ti!
Teresa

Zizi Santos disse...

Fabiano
Eu acho que você não volta mais para Minas!
até seu jeito de escrever mudou
Creio que você está tendo muitas experiências novas e tem passado para nós de uma forma tão envolvente, que deu vontade ir conhecer as duas de Itaúnas!
Tenho uma amiga que tinha casa em conceição da Barra, convidou-me várias vezes e eu não fui.Até que ela vendeu apartamento, isso era, apartamento, e agora tem em Caldas Novas. O litoral do E.S. é magnifico . Aproveite bem cada momento de estudo e desfrute totalmente da natureza.
Zizi

Patricia Helena disse...

Ai que lugar lindo! Eu vim passar uns dias na praia, mas sabe como é o litoral gaúcho: estamos todos encasacados. Bjs.